quarta-feira, 1 de agosto de 2012

programa de treino

no sábado passado arranjei finalmente motivação para iniciar um programa de corrida. tenho-o cumprido à risca e todos os dias dedico religiosamente trinta minutos do meu dia a este treino. quatro dias depois posso dizer-vos que me sinto com muita mais energia e não voltei a ter aquela sensação de pernas pesadas. não me sinto cansada, pelo contrário. não tenho dores mas sim aquela sensação de músculos trabalhados, de workout. e julgo que tenho vindo, também, a corrigir a postura.

são aconselhados três treinos de meia hora por semana. na primeira devem alternar quatro minutos de caminhada com um de corrida. o que importa é a resistência, não a velocidade. a ideia é que semana após semana se vá reduzindo o tempo de caminhada e aumentando o da corrida. até agora tem sido extremamente fácil de cumprir.

cozinha arrumada e ala que se faz tarde. equipo-me, coloco os phones e levo a cacau como companhia (ela adora correr!). quando chego vou directa para o duche e no final nunca me esqueço do creme hidratante. remédio santo para dormir como uma pedra. é só vantagens, portanto. e vocês, do que estão à espera?

5 comentários:

  1. ahhh, é essa motivação que me falta... sinto que não consigo cumprir isso por vários motivos.
    chego a casa e tenho comida para fazer para o dia seguinte (sim, faço parte do gang das marmitas), quando dou por ela estou cansada e só me apetece sofá! =(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu também tenho de preparar o jantar todos os dias bem como a marmita para o dia seguinte, arrumar a cozinha e tratar da roupa. normalmente dedico meia hora entre as dez e as onze, dependendo da hora que termine as tarefas. é mesmo uma questão de motivação! :)

      Eliminar
  2. Humn... eu ultimamente saio do trabalho a correr para ir para casa ver os jogos olímpicos..não chega? :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. infelizmente acho que não conta... :(

      Eliminar
    2. Bolas eu que andava cheia de boas intenções!! :)

      Eliminar

digam de vossa justiça...